$type=carousel

Palestina gasta mais de US$ 100 milhões para financiar terrorismo contra Israel

Terrorista do Hamas recebem salário da Autoridade Palestina, quando são presos por suas ações criminosas. (Foto: Jerusalém Post) A  Autorid...

Terrorista do Hamas recebem salário da Autoridade Palestina, quando são presos por suas ações criminosas. (Foto: Jerusalém Post)
Terrorista do Hamas recebem salário da Autoridade Palestina, quando são presos por suas ações criminosas. (Foto: Jerusalém Post)
Autoridade Palestina aumentou recentemente seu orçamento destinado a pagar o "salário" de terroristas condenados e suas famílias. A mudança ocorreu, apesar da pressão dos Estados Unidos para acabar com a prática.
No dia 21 de julho, o terrorista Omar al-Abed, de 19 anos de idade, entrou em uma casa da comunidade de Halamish, na Samaria judaica e assassinou o idoso Yosef Salomon, de 70 anos, e seus dois filhos adultos. A mídia israelense publicou fotos mostrando a brutalidade da chacina.
"A casa deles estava aberta, a porta estava destrancada, porque eles estavam esperando que as pessoas da comunidade fossem comemorar com eles o nascimento do novo neto e em poucos segundos eles foram assassinados em sua própria casa", disse Miri Maoz Ovadia, porta-voz da comunidade Halamish, em depoimento à agência cristã 'CBN News'.
Após os assassinatos, um soldado que estava de folga e passava pela área ouviu o barulho e conseguiu atingir o terrorista através de uma janela da casa. al-Abed está se recuperando em um hospital israelense, mas, de acordo com uma política de longa data da Autoridade Palestina, ele agora vai começar a receber um salário.
"Desde sexta-feira, dia em que ele foi preso e ele está cumprindo uma sentença de prisão perpétua por assassinato e seu salário acabará pode chegar a 12.000 shekels (moeda local) - o que equivale a cerca de 4.000 dólares - por mês", o diretor da Mídia Palestina, Itamar Marcus à CBN News.

Os EUA e a União Europeia condenam essa prática e pressionaram a liderança palestina a cancelar o pagamento de "salários" a terroristas, mas, de acordo com Marcus, o financiamento desta prática só aumentou.
O orçamento da Autoridade Palestina para 2017 aumentou os fundos destinados aos prisioneiros detidos por terrorismo em 13% e suas famílias em 4%. Este ano, o financiamento direto do terrorismo atingiu US$ 355 milhões.
"É uma bofetada na face dos Estados Unidos. É uma bofetada na face do comitê de assuntos estrangeiros que acabou de se reunir na semana passada para decidir o que fazer sobre isso", explicou Marcus. "E espero que o Senado e o povo americano, o Congresso e a administração atual ajam com firmeza contra esta prática de recompensa ao terror".
O Senado dos Estados Unidos está agora considerando aprovar uma lei conhecida como 'Taylor Force' - em homenagem a um cidadão americano que morto por um terrorista palestino. A lei irá cancelar as doações americanas, caso a Autoridade Palestina continue a financiar o terrorismo.
"Nós vamos manter essas doações sob uma condição", disse o senador cristão Lindsey Graham. "O Secretário de Estado deve certificar que o governo palestino está mudando seu comportamento. Se isso não for comprovado, vamos cancelar as doações".

Marcus disse que a Autoridade Palestina legitima esses pagamentos.
"As pessoas não entendem o porquê e eu vou explicar por que isso é tão importante. A Autoridade Palestina afirma ao seu povo que eles têm literalmente o direito de matar israelenses - civis, mulheres e até mesmo bebês israelenses - e eles afirmam que uma decisão da ONU da década de 1970, decretou que os palestinos têm o direito de usar todos os meios para garantir seus direitos. Na interpretação deles, isso significa que eles têm o direito de matar civis", continuou ele. "Esta é a forma como a Autoridade Palestina interpreta isso, e eles disseram isso várias vezes nos últimos meses".
Marcus argumenta que a aprovação da lei 'Taylor Force' serviria como uma declaração poderosa e um aviso à Autoridade Palestina que os Estados Unidos de fato reprovam esse tipo de prática.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN NEWS

COMMENTS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Nome

ltr
item
DEUSEAMORIANOS : Palestina gasta mais de US$ 100 milhões para financiar terrorismo contra Israel
Palestina gasta mais de US$ 100 milhões para financiar terrorismo contra Israel
https://thumbor.guiame.com.br/unsafe/840x500/smart/https://media.guiame.com.br/archives/2017/08/03/1184872290-palestina-hamas.jpg
DEUSEAMORIANOS
http://www.deuseamorianos.com/2017/08/palestina-gasta-mais-de-us-100-milhoes.html
http://www.deuseamorianos.com/
http://www.deuseamorianos.com/
http://www.deuseamorianos.com/2017/08/palestina-gasta-mais-de-us-100-milhoes.html
true
8490450740517024814
UTF-8
Carregado Todas as Mensagens Não foram encontrados posts Veja Mais Leia Mais Resposta Cancelar resposta Delete De Início Páginas Postagens Veja Mais RECOMMENDED FOR YOU LABEL Arquivo Pesquise TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Voltar ao início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Ooutubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Siga THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy